Mensagem da Presidência

Versão para impressão

Caros sócios da SPR,

 

Na última Assembleia Geral foram eleitos os novos Órgãos Sociais da Sociedade Portuguesa de Robótica. A eleição ocorreu por unanimidade dos votos expressos. A Sociedade Portuguesa de Robótica tem vindo a afirmar-se na sociedade portuguesa, e também a nível internacional, como uma instituição com capacidade para promover, diretamente ou através dos seus sócios ou apoio, eventos e iniciativas que muito contribuem para os seus objetivos estatutários que são o desenvolvimento da robótica em Portugal. A nova direção apresenta-se com a perspetiva de continuar (e melhorar) o bom trabalho realizado nos órgãos sociais da SPR nos últimos mandatos.

Pretende-se continuar o esforço realizado anteriormente para reforçar o papel da Robótica enquanto forte nicho de investigação e desenvolvimento tecnológico em Portugal. No seguimento da gestão promovida pelas anteriores comissões diretivas, a discussão e o debate de ideias serão promovidos sempre de uma forma ampla, aberta e frontal. Neste sentido, será estimulado o envolvimento de todos os sócios nas iniciativas e ações da SPR.

A SPR tem tido nos últimos anos sucessos assinaláveis, tais como as várias edições do Festival Nacional de Robótica (FNR) e o Encontro Científico associado (ICARSC), que passou recentemente a ter o estatuto de uma IEEE Conference, ou a consolidação da Iberian Robotics Conference. Estes continuarão a ser os eventos principais da sociedade e terão todo o apoio da nova direção da SPR. A atratividade do FNR para o grande público ou para as empresas da área poderá ser reforçada através da disponibilização de espaços de demonstração a preços reduzidos, promovendo uma mini-feira de Robótica em que estão disponíveis as componentes científicas, competitiva e empresarial.  Será dada uma ênfase particular para reavivar a participação da componente júnior que, tal como as provas sénior, muitos prémios têm obtido a nível internacional. O Encontro Científico do FNR, ICARSC, ganhou nas últimas edições grande autonomia relativamente à parte competitiva do FNR. Pretende-se que o ICARSC continue a melhorar e a reforçar o seu estatuto de conferência científica internacional de topo na área da robótica autónoma e de competições. Também em relação ao encontro RobotXXXX se pretende incentivar as cooperações com a nossa congénere espanhola de modo a consolidar e promover a sua internacionalização e atratividade.

A SPR continuará a apoiar o Micro-Rato, RoboParty, Robô bombeiro, Micromouse, assim como outros eventos competitivos, científicos ou educativos ligados à robótica que decorram em Portugal neste período, como seja o caso do RobôOeste. A nível internacional, a SPR continuará a apoiar o RoboCup e outras competições robóticas, nomeadamente através da presença de membros da SPR nos comités técnicos e organizativos dessas competições. A SPR continuará a apoiar iniciativas locais ligadas à robótica, nomeadamente a LisbonRobotics e outras iniciativas similares que venham a decorrer.

Os Prémios SPR Melhor Tese Doutoramento, SPR Melhor Dissertação de Mestrado e SPR Transferência de tecnologia têm tido uma participação assinalável e, graças ao trabalho dos vários júris, têm ganho visibilidade e reconhecimento. Estes prémios continuarão, podendo os seus regulamentos ser melhorados.

A SPR tem muito boas relações com a APCA, com a sua congénere espanhola SEIDROB e com organizações internacionais como o RoboCup, IEEE, entre outras. Estas relações prosseguirão e ser reforçadas, potenciando o desenvolvimento de novas atividades ou o estabelecimento de novos benefícios para os sócios da SPR.

A SPR, através dos seus órgãos diretivos, promoverá o estabelecimento de protocolos de cooperação quer com entidades do sistema educativo e científico nacional, bem como com empresas do tecido industrial português para quem a robótica possa representar uma mais valia ou uma área central de atividade.

A SPR deve servir como elemento aglutinador da comunidade robótica em Portugal. Serão assim prosseguidos esforços no sentido de captar novas adesões de sócios bem como de recuperar alguns sócios que se afastaram da SPR no passado recente. O estabelecimento da comunidade faz-se também através de uma boa comunicação com esta. É, assim, extremamente importante que os sócios tenham acesso fácil e conhecimento atempado das atividades desenvolvidas. Essa comunicação deve realizar-se através do site da SPR, através do email, através das redes sociais e também através de uma newsletter que será enviada a todos os sócios.

A participação de todos os sócios é essencial!

 

Carlos Cardeira

(Presidente da Comissão Directiva)